❤ O Dia Que Ela Descobriu O Que É Ser ELA Mesma | Crônica

.................................................................................................
Olá lindoonas!!
Tudo bem?? 

Os autores geralmente escrevem alguma coisa antes dos seus poemas, crônicas e textos em geral? acho que não hahaha. Mas depois de taanto tempo (talvez nem tanto vai haha) eu precisava vim aqui falar pelo menos um oi! para vocês ( saudades 😘). Quem acompanha o blog deve ter percebido que nunca tinha postado uma crônica aqui no blog neh? ainda mais de minha autoria, mas resolvi deixar meu lado escritora aparecer um pouquinho hahahaha. Enfim! Espero que gostem 💙

Gif: Tumblr/gifhunterress
    Está vendo a imagem acima? Ela transmite um sentimento de alivio misturado com alegria não é mesmo? Bom... pelo menos foi assim que ela se sentiu no dia que finalmente se entendeu, no dia que aqueles medos e inseguranças foram sanados assim como o choro de uma criança sessa ao receber o colo da mãe ou um abraço da vó.

Talvez tivesse passado tanto tempo se perguntando quem ela era que não teve tempo para ver quem ela era. Não que ela fosse uma completa desconhecida para si mesma, só não sabia como organizar tantos gostos e pensamentos. Sabia quem era! De um jeito meio embaralhado mas sabia!

O problema era que.... Gostava de tantas coisas, sonhava com tantas coisas, queria fazer tantas coisas que no meio disso tudo tinha medo. Oh! sim medo. Medo de não saber lhe dar com o que viria, medo de não conseguir, medo da mudança. Ela é um turbilhão de sonhos, tem tantos gostos diferentes entre si que é até engraçado de se ver (risos) Como gostar ao mesmo tempo de coisas tão diferentes entre si? confuso né? Pra ela não fazia sentido! Talvez por alguma baboseira que tenha ouvido sobre ser uma coisa só, gostar de uma coisa só.

Até tentou se focar apenas em uma coisa que ela gostasse, mas depois de um tempo ficava chato, monótono, sem graça, faltava algo! E depois de passar pelo processo com tudo o que gostava  percebeu o quão era legal e o quanto se sentia feliz em poder juntar aquilo tudo! Com umas coisas tinha mais afinidade do que com outras era verdade, mas mesmo assim era demais poder fazer o que gostava, cada coisa a seu tempo. 

Com um grande sorriso de alegria e alivio no rosto ela decidiu que seria ela mesma, daria seu melhor naquilo que gostava quando o mundo estivesse a vendo, quando apenas ela e Deus estivessem a vendo e quando só alguns estivessem a vendo. Buscaria seus sonhos e procuraria se preparar para recebe-los, afinal bençãos vem para quem está preparado! 

Não é ser uma pessoa inconstante, de modo algum! É saber que aquilo que você ama, sua família, amigos, aquela pessoa especial que faz seu coração acelerar, seus sonhos, seu lar e tantas outras coisas fazem parte da sua essência. Ah! e como ela era grata a Deus por ter tudo aquilo. 

O medo da mudança foi embora quando ela entendeu que o que tiver que mudar mudará ( para melhor esperamos rsrs...) mas aquilo que é verdadeiro, que realmente faz parte dela  não vai desaparecer, pode até se transformar ( para melhor esperamos também rsrs...) ou continuar do mesmo jeito, mas não sumirá. Basta ser verdadeiro. Ela entendeu que a essência sempre continua a mesma, mesmo com alguns sentimentos e aprendizados do que já foi, do que é, do que ainda é, e do que será porque não? Mas  ainda assim ela é a mesma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...